5 motivos para visitar o Vale do São Francisco: Um lugar imperdível

O Vale do São Francisco é dono de muitas riquezas e belezas. Petrolina, inclusive, foi eleita a cidade com a melhor qualidade de vida entre todos os municípios do Nordeste…

18 de outubro de 2021

Tempo de leitura: 6 min

Aproveite melhor MAIS viagens gastando MENOS tempo e dinheiro

Os 10 passos para você programar rapidamente suas viagens sem dores de cabeça e ainda economizar tempo e dinheiro.

Clique na imagem e adquira o curso!

5 motivos para visitar o Vale do São Francisco: Um lugar imperdível

O Vale do São Francisco é dono de muitas riquezas e belezas. Petrolina, inclusive, foi eleita a cidade com a melhor qualidade de vida entre todos os municípios do Nordeste brasileiro. Perfeita, né? 

Então, se você está pretendendo visitar (ou até de passagem já comprada), esse post é para você! Mas cuidado: altos riscos de se apaixonar!  Existe uma lenda que diz que quem bebe da água do Velho Chico, não quer mais ir embora! ☺

vale do são francisco - orla
Vista de Petrolina da orla de Juazeiro | Foto por: Jonas Santos

Um pouquinho da cidade

Petrolina é uma cidade localizada na bacia hidrográfica do Rio São Francisco e graças a isso, lá em 1980, começaram a surgir as primeiras vinícolas irrigadas pelas águas desse famoso rio. Nossa região é o segundo maior pólo vitivinicultor do Brasil e por lá são produzidos mais de sete milhões de litros de vinho por ano, o que representa 15% da produção nacional.  

Hospedagem

Dona da maior rede hoteleira do Sertão do São Francisco e do Pajeú, Petrolina oferece muitas opções de estadia para todos os bolsos e gostos durante sua permanência na cidade. Clique aqui e veja algumas opções.

Mas e então, o que fazer no tão famoso Vale do São Francisco?

Continue lendo para concordar comigo quando eu digo que essa é a melhor cidade do Brasil. 

Museu do Sertão

Temos o Museu do Sertão que tem como objetivo conservar a história de Petrolina e arredores e possui mais de 3000 artigos como móveis, armas e várias galerias de visitação.

museu do sertão no vale do são francisco
Entrada do Museu do Sertão

Vinícolas do Vale do São Francisco

A segunda dica de parada obrigatória são as nossas vinícolas: a Terra Nova e a vinícola Rio Sol. Dois passeios enoturísticos famosíssimos. Você pode fazê-los de ônibus ou de carro com o guia, e irá conhecer todo o processo de fabricação do vinho, desde a plantação da uva até o momento em que ele é embalado, com direito a caminhada entre os parreirais e degustações. É incrível e vale a pena registrar o momento nos parreirais de uva e aproveitar o momento de degustação que se diferencia com os ensinamentos sobre o mundo dos vinhos.

IMG 20211014 WA0003
Vinícola Terra Nova

Passeio no Vapor do Vinho

Recomendo demais incluir um passeio na barca Vapor do Vinho. Também é possível conhecer as fazendas de frutas tropicais, que proliferam por aqui e a barragem de Sobradinho na ida até lá. A barragem de Sobradinho é um passeio que vai marcar a sua viagem, vamos falar sobre ele em outro momento.

Barco do Vapor do vinho em diferentes horas do dia

Mirante do Serrote do Urubu

Mirante do Serrote do Urubu, com um dos melhores pontos para curtir o pôr do sol nas imediações da cidade.

Bodódromo

O Bodódromo, um complexo gastronômico onde a carne de bode é uma iguaria muito exótica e muito forte na região e é servida de diversas formas, assim como a carne de carneiro e os seus acompanhamentos, como o feijão, arroz, pirão e macaxeira. Lá também é possível encontrar outros típicos pratos da gastronomia nordestina, como a carne de sol, queijo coalho, cuscuz, tapioca, buchada, sarapatel e baião de dois.

Catedral Sagrado Coração de Jesus

A catedral da cidade, Igreja Sagrado Coração de Jesus também merece destaque principalmente por conta da sua decoração com vitrais franceses, estilo neogótico e interior muuuito espaçoso e a Igreja Nossa Senhora Rainha dos Anjos, com seu estilo barroco e que foi finalizada lá em 1906.

Passeios Extra

Ilhas no Rio São Francisco

Outro passeio famoso aqui é a ida às ilhas banhadas pelo Rio São Francisco, como a Ilha do Massangano (maior da região) e sede do Samba de Véio – grupo de danças e cantos populares e a Ilha do Rodeadouro, perfeita para saborear um peixe assado na folha da bananeira, prática de esportes, passeio de barco, mergulho no rio e curtir uma sombrinha nas barracas. Com areia fina e de cor clara, a Ilha conta com música ao vivo aos finais de semana e é ponto de encontro dos moradores tanto de Petrolina quanto de Juazeiro. 

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é JuninaTradicao_ARB_22062013_0411_A.jpg
Samba de Veio | Foto: Revista Continente
Ilha do Rodeadouro
Ilha do Rodeadouro | Foto por Gustavo Coutinho

Como deu para notar, as opções de lazer e cultura no Vale do São Francisco são variadas e agradam a todos os públicos, mas ainda tem muito mais a se conhecer no sertão pernambucano. 

Petrolina Antiga

Não deixe de fora do roteiro uma ida a Rua Barbosa Lima, também conhecida como Petrolina Antiga. Os amantes de cultura e história irão se encantar pelas construções do século XX, tenho certeza. A orla da cidade também pede que seja apreciada com suas variadas opções de barzinhos e restaurantes.

Petrolina Antiga Tais
Rua Barbosa Lima

Vem logo pra Petrolina!

Se você procura um local rico em cultura, natureza e opções de lazer, não deixe de comprar a sua passagem para cá agora mesmo! Comece hoje a montar o roteiro das suas férias e curtir o melhor de Pernambuco. 

Clique aqui e encontre passagens aéreas com preços imperdíveis.

E para montar seu roteiro, dá uma conferida nesse post que criei para te ajudar a não esquecer nenhum detalhe .

5 dicas para um roteiro perfeito no Vale do São Francisco

E na hora de escolher os pacotes que mais se encaixam para você, conte comigo para conhecer o melhor de Petrolina e região, garantimos muito mais segurança, conforto e comodidade nas suas férias perfeitas no Vale do São Francisco! 

Vamos simular um pacote?

Sobre a Autora

Sou turismóloga e assessora de Marketing, apaixonada por viagens! Aos 12 anos morei em Petrolina (PE), mas só durou 6 meses! Meu pai já trabalhava no Vale do São Francisco, mas a família não se adaptou… Retornamos para Recife, mas meu pai seguiu indo e vindo Recife/Petrolina. Alguns anos depois a família retornou para o Vale, mas eu só retornei em 2006, casada e com um filho de 2 anos (Caio). Desde então, não saímos mais!! Tivemos uma filha petrolinense em 2008 e amamos morar em Petrolina! Amamos o Vale do SF!!

Posts Relacionados

Newsletter

Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.