Conhecendo Buenos Aires e Colonia del Sacramento em 3 dias!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Com um filho de 7 anos e uma filha de 4, começamos a programar nossa 1ª Lua de Mel depois de 10 anos de casados!
Conseguimos um casal de amigos-primos queridos para nos acompanhar a Argentina em Julho de 2012. Sim… de início seria só Buenos Aires, mas depois de algumas pesquisas, decidimos tirar um dia em Colonia del Sacramento  no Uruguai.
 
Segue um pouco da nossa experiência:
 
Chegamos no Aeroporto de Ezeiza em Buenos Aires à noite e da fila da imigração avistei o Free Shop! Nos animamos tanto que passamos 1h olhando as coisas q esquecemos até as malas na esteira!
 
Trocamos poucos reais em pesos argentinos, apenas para pagar taxi e coisinhas pequenas. 
(Durante a viagem percebemos que foi a melhor coisa que fizemos, pois o real estava super valorizado, principalmente e Colonia!)

Seguimos do aeroporto ao Ibis Obelisco de taxi (em torno de R$80).
 
Chegando ao hotel, nossos companheiros de aventura já nos aguardavam e jantamos num restaurante muito bom Av. Corrientes… mas infelizmente, não me lembro o nome 🙁 !
 
 

Distribuimos nossos pouquíssimos dias assim:

1º DIAColonia Del Sacramento – Uruguai
 
Saimos beeeeem cedinho de taxi e fomos embarcar no Puerto Madero.

Colonia Del Sacramento merece um post único! 
Confere tudo aqui!!

Quando retornamos a Buenos Aires, caminhamos por Puerto Madero e fomos jantar num restaurante recomendado por meus pais, o “Baia Madero”.

 
 


Logo logo chegaram mais 2 casais, mais que amigos, de Recife que também estavam por lá!



Após o jantar, resolvemos voltar caminhando de Puerto Madero até Av. Corrientes.
Como a história é que Buenos Aires nunca dorme… não tivemos nenhum receio de voltar passeando, mesmo sendo muito tarde!

Perto do Obelisco, o movimento estava muito grande, pois estava bem no horário em que encerravam todas as peças e shows musicais dos teatros daquela região. Tinha muuuuuita gente na rua… andávamos bem espremidinhos… e quando faltava uns 10 metros para a entrada do nosso hotel, senti uma “puxadinha” na minha bolsa… aí lembrei de todas as histórias de furtos nas ruas de Buenos Aires que haviam me contado… segurei a bolsa e olhei pra trás… por 5 segundos respirei aliviada, pois o zíper estava fechado … ops… quando olhei de novo, o zíper havia sido aberto de trás pra frente!! Fiquei louca! Meu marido na mesma hora disse: “Foi a galega!” e saiu correndo atrás dela! Pensem!!! De frente ao hotel já! Olhei rapidamente para ver se estava tudo na bolsa: óculos, celular (novinho!), câmera fotográfica (com as fotos de Colônia)… ufa! Parecia estar tudo lá!

Ah… não pensem que a bolsa estava solta enquanto eu andava… pelo contrário… sabendo da fama do local, ela estava embaixo do meu braço, entre eu e Alysson!

Sim… e meu marido??! Voltou dizendo q seguiu a “galega” e quando chegou perto dela, ela estava abrindo a mochila de um rapaz! Ele não teve dúvida, segurou a mão dela!! Os “parceiros” dela começaram a perguntar “Que pasa? Que pasa?”, mas ao olhar ao redor, eles não tinham nada meu em suas mãos… aí ele lembrou que estava em terra estrangeira e que era melhor voltar para o hotel!

Depois disso tudo… perdemos a graça e fomos dormir!!

2º Dia – Tour por Buenos Aires

De manhã cedo, quando procuro a minha necessaire de maquiagem e remédios… surpresa!! Não estava na bolsa!! 🙁 
Sim!! A “galega” roubou minha necessaire! 
Ah… fiquei arrasada… não tinha um batom… um corretivo para meus olhos cheios de olheiras… nadinha para ficar linda nas fotos! 

Depois me acalmei, pois percebi que poderia ter sido bem pior! #Deusébom 🙂

Nossa programação para o 2º dia era fazer um tour por Buenos Aires, mas sem agência de viagens! 
Antes mesmo de viajar, optamos em comprar pela internet, o bilhete da jardineira que roda por toda cidade!
Olhem aqui o site com todas as informações: http://buenosairesbus.com/Lá você pode escolher se quer comprar o bilhete que dura 24h ou 48h. Para nós, 24h é o suficiente, mas para quem vai passar mais de 3 dias por lá, vale a pena o de 48h! 

É bem facinho de usar a jardineira! Tem parada em diversos pontos turísticos de Buenos Aires e vc recebe um mapa completo ao entrar na jardineira. Aí você escolhe as paradas que quer descer e faz seu próprio roteiro! 


A 1ª jardineira que pegamos, estava óooootima! Coberta, com fone de ouvido… uma beleza!! Mas quanto mais esfriava o tempo (Sim!!! Esfriou muito e tinha um “vento que mata”!) só pegávamos jardineiras sem coberta! :_(



Nossa 1ª parada foi no Cafe Tortoni, um dos mais antigos e lindo!


A 2ª parada foi em San Telmo… não! Não tinha nada para fazer em San Telmo, maaaas nossa companheira Giorgia queria tirar uma foto com a Mafalda! É… a Malfada amiga do Snoopy! kkkkkkkk Ela precisava tirar uma foto!! 



O bairro é bem estranho e não nos passou segurança! 
Almoçamos no Mc Donald’s, pois não sabíamos quanto tempo iríamos esperar a jardineira e chegar no Estadio del Boca Juniors, nossa 3ª parada!


Optamos em não entrar no estádio, só na loja mesmo! Tinham aumentado o valor da entrada e os homens não estavam interessados, então… compramos umas coisinhas para nosso filho e fomos para nossa 4ª parada: Caminito

Esse foi nosso tango!! (Pois desistimo de assistir ao show de Tango q seria no Domingo!)


Compramos umas coisinhas… e esperamos muuuuito a jardineira chegar!

Nessa hora, meio de tarde, o frio estava muuuuito grande e estávamos torcendo para que chegasse uma jardineira coberta!! Mas infelizmente isso não aconteceu! 

Nossa 5ª e última parada foi no Jardim Japonês! 
Última porque não aguentávamos mais de frio!
 
 

Lugar lindo! Pena que no fim da tarde, o restaurante de lá não servia comida japonesa! Só à noite!

De lá fomos jantar na Galeria Pacífico! Bem lindinha, mas pequena!

3º Dia – Delta do Rio Tigre e Recoleta
 
De manhã bem cedinho fomos para um passeio pelo Delta do Rio Tigre e Plata.
Esse passeio compramos numa agência de viagens. 
Existem duas opções de passeio pelo Rio Tigre, de barco ou um mais longo q você pega um trem… o nosso foi só de barco.
 
Primeiro fizemos um tour com o ônibus da agência, até chegarmos no local do passeio.
 

Descemos na estação Fluvial e lá pegamos um barco pequeno.

O passeio é beeem monótono, mas conhecemos coisas bem diferentes!
Essa região é para veraneio. As casas são de palafitas às margens dos Rios Tigre e Plata

 
Após o passeio, o ônibus nos levou para San Isidro, onde tem uma feirinha e uma galeria onde vende muitas coisas de couro. 
 
Ah… não achamos nada em Buenos Aires com preços atrativos! Pelo contrário… tudo muito caro!
Aproveite para comprar nos Free Shops!
 
 

Pedimos para o ônibus parar próximo à Recoleta!
Lá almoçamos no excelente restaurante “Cafe Victoria” que nos “ganhou” com seu simpático gerente brasileiro! Aproveitamos e comemos o famoso Bife de Chourizo, pois era nosso último almoço argentino!
De sobremesa, fomos tomar um sorvetinho da “Freddo” – Maravilhoso!



De lá, conhecemos a feirinha da Recoleta e enlouquecemos (eu e Gigi) com a loja Morph que fica no Shopping ao lado da feirinha! 
A Morph é enorme! Uma mistura de Inaginário com Tok Stok!
Ah… no Shopping também tem o Hard Rock Cafe… mas nem nos animamos! 
Demoramos tanto lá, que quando saímos o Cemitério estava fechado e não conseguimos ver o túmulo de Evita (Para a tristeza do primo Bebeto) kkkkk!!



Já estava escurecendo e pegamos um táxi para a Galeria Pacífico jantar!

De lá voltamos passeando pelas ruas de Buenos nos despedindo!

Para nós foi uma viagem maravilhosa! Adoramos conhecer tudo isso, maaaasss… não pretendemos voltar para Buenos Aires. 

Saímos com a ideia de conhecer Chile e outras cidades do Uruguai numa próxima oportunidade!

Espero que as dicas sirvam para outras pessoas! 😉

 

(Período da viagem: Julho de 2012)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *